EUA | Homem Detido Após Encontrarem 180 Animais No Congelador De Sua Casa

EUA | Homem Detido Após Encontrarem 180 Animais No Congelador De Sua Casa

0 0
Read Time:1 Minute, 24 Second

A polícia do estado norte-americano do Arizona deteve um homem depois de terem sido encontrados 183 animais no congelador de sua casa, incluindo cães, gatos e cobras, noticiou o site Notícias ao Minuto.


Arizona, EUA | Michael Patrick Turland, de 43 anos, admitiu ter congelado alguns dos animais enquanto ainda estavam vivos, segundo referiu o departamento do xerife do condado de Mohave. Foi acusado de 94 crimes de crueldade contra animais.

As imagens da cena “foram absolutamente repugnantes e de partir o coração”, disse a porta-voz do xerife, Anita Mortensen, citada pela BBC. Acrescentou ainda: “Como amante de animais, chorava só de olhar para eles”.

As autoridades estão agora à procura da esposa de Turland, Brooklyn Beck.

A detenção do homem ocorreu depois de a polícia ter recebido uma denúncia, que dava conta de que a pessoa tinha deixado cobras com Turland para procriar, mas que este desapareceu depois de alguns meses e não conseguiu recuperá-las. A denunciante disse à polícia que foi contactada pelo proprietário do imóvel depois de Turland e a mulher se terem mudado da habitação em Golden Valley.

O contacto surgiu depois de o proprietário ter ido limpar o apartamento e ter encontrado o congelador cheio de animais mortos na garagem, incluindo algumas das suas cobras.
Os agentes ao chegarem ao local encontraram cães, gatos, tartarugas, lagartos, pássaros, cobras, ratazanas, ratos e coelhos entre os animais congelados.

Dez dias depois, a polícia recebeu relatos de que Turland estava de volta à casa e detiveram-no. As motivações para o homem congelar os animais não resultam claro.

Quer nos enviar seus vídeos ou fotos ou até mesmo furos? Contacte-nos através do email [email protected]

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

About Post Author

What Do You Think?

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: