Argentina | Suspensão Das Buscas Dos 3 Brasileiros Desaparecidos

Argentina | Suspensão Das Buscas Dos 3 Brasileiros Desaparecidos

0 0
Read Time:2 Minute, 34 Second

Buenos Aires, Argentina | A Empresa de Navegação Aérea Argentina (EANA) disse nesta 2ª feira (11.abr.2022) que irá suspender a busca pelo avião desaparecido com 3 brasileiros a bordo na Patagônia. O avião está desaparecido desde a última 4ª feira (6.abr). Segundo a EANA, os 6 dias de buscas não trouxeram resultados positivos, mas as autoridades continuarão em alerta para achar o paradeiro da aeronave.

O Serviço de Busca e Salvamento (SAR) foi acionado após perder contato com a aeronave RV-10, prefixo PP-ZRT. O último contato do avião foi registrado no Centro de Controle da Área Comodoro Rivadavia (ACC).

De acordo com a Empresa Argentina de Navegação Aérea SE, após várias tentativas de comunicação, o ACC Comodoro Rivadavia comunicou o serviço de salvamento, ativando o protocolo de busca de aeronaves.

O Serviço de Busca e Salvamento entrou em contato com o Centro Argentino de Controle de Mísseis (ARMCC) que comunicou o acionamento da lanterna ELT da aeronave.

A Empresa Argentina de Navegação Aérea (EANA) suspendeu, segunda-feira à noite, as buscas pelo avião monomotor com três brasileiros a bordo que desapareceu na última quarta-feira (6) na província patagônica de Chubut, no sul do país, noticiou hoje o site de notícias UOL.

“Apesar dos esforços realizados nas acções de buscas, não foi possível encontrar nenhum rastro da aeronave, nem dos seus ocupantes”, disse a Eana num comunicado publicado por volta das 19h (horário local).

Ainda assim, o órgão disse que o serviço de busca e salvamento da região, onde o avião foi avistado pela última vez “se mantém em estado de alerta”, caso surjam pistas do paradeiro do monomotor ou dos três brasileiros.

De acordo com as informações disponíveis em consulta da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o avião de pequeno porte, sem autorização para táxi aéreo, pertence aAntônio Carlos de Castro Ramos, empresário de Florianópolis, dono da ACCR Construções. Além de Antônio, estavam na aeronave dois amigos dele, o advogado Mário Pinho e o médico Gian Carlo Nercolini.

Nos registos da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a aeronave, um monomotor Van’s Aircraft RV-10 de código PP-ZRT e fabricado em 2016, consta como numa situação regular e de propriedade de Antônio Carlos de Castro Ramos.

A aeronave partiu na última quarta da cidade de El Calafate, no extremo sul da Argentina, com destino a Trelew, no norte de Chubut, mas perdeu contacto com as centrais de monitoramento na altura de Bahía Bustamante, também localizada na província, segundo a Defesa Civil local.

Logo, as buscas pela aeronave começaram a ser feitas tanto em terra como no mar, com auxílio da polícia marítima argentina e das Forças Armadas do país, além da Defesa Civil e de um aeroclube da região.

Os brasileiros estavam na Argentina para um festival de aeronaves ocorrido no fim-de-semana anterior em Comodoro Rivadavia, cidade mais populosa de Chubut: o Comodoro Vuela (Comodoro Voa, em tradução para o português), realizado no aeroclube da localidade.

Quer nos enviar seus vídeos ou fotos ou até mesmo furos? Contacte-nos através do email [email protected]

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

What Do You Think?

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: