Rotterdam | Polícia Abre Fogo Durante Protesto Contra Confinamento Das Pessoas Não Vacinadas #covid19

#Rotterdam | a polícia abre fogo durante protesto contra o confinamento das pessoas não vacinadas. 7 feridos #COVID19 #COVID #vacinas #coronavirus #Corona

0 0
Read Time:1 Minute, 38 Second

Aconteceu hoje, em Rotterdam, o protesto contra mais um confinamento devido ao COVID-19 que ainda se espalha pela Europa. De acordo com a Polícia, duas pessoas foram tratadas no hospital em Rotterdam no sábado (20 de novembro), depois de ficarem gravemente feridas quando a polícia atirou balas reais durante um protesto contra as restrições da Covid-19. No entanto, novos relatórios dizem que sete pessoas ficaram feridas.

“Dois manifestantes foram feridos ao serem atingidos por balas. Eles permanecem no hospital ”, disse a polícia.

A polícia disse no Twitter no sábado que 51 pessoas foram presas, cerca de metade das quais eram menores de 18 anos.

O prefeito, Ahmed Aboutaleb, disse a jornalistas na madrugada de sábado que “em várias ocasiões a polícia achou necessário sacar suas armas para se defender” enquanto manifestantes invadiam o bairro comercial, iniciando incêndios, atirando pedras e fogos de artifício em oficiais.

O governo disse que deseja introduzir uma lei que permitiria às empresas restringir o sistema de autorização de coronavírus do país apenas a pessoas que estão totalmente vacinadas ou se recuperaram da Covid-19.

Os protestos foram organizados após a Holanda ter reimposto algumas medidas de bloqueio no último fim de semana por três semanas iniciais, em um esforço para desacelerar uma onda de casos de coronavírus.

As infecções diárias estão em seus níveis mais altos desde o início da pandemia, enquanto o país luta para conter uma onda de transmissão que varreu a Europa Central. O passe, que concede acesso a locais públicos fechados, agora está disponível para pessoas que foram vacinadas, se recuperaram da Covid-19 ou tiveram teste negativo para o vírus.

De acordo com uma proposta apresentada pelo primeiro-ministro interino, Mark Rutte, aqueles com teste negativo não poderiam mais obter o passe.

“Disparamos tiros de advertência e também tiros diretos porque a situação ameaçava a vida”, a porta-voz da polícia Patricia Wessels

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

What Do You Think?

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: